Avisar sobre conteúdo inadequado

10 mitos sobre a cerveja

{
}

 TAGS:undefinedA barriga de cerveja é um deles,mas  muitos mitos não são justos com esta grande bebida chamada cerveja. Hoje partilhamos alguns dos mitos mais frequentemente utilizados contra a cerveja e o porquê de serem falsos.

  1. Beber cerveja é mau para a saúde. A cerveja tem baixo conteúdo em calorias, aproximadamente 42Kcal em cada 100ml, não contém gorduras ou açúcar e possui hidratos de carbono, vitaminas e proteínas. O lúpulo é um sedativo e estimula o apetite e o malte contém ácidos orgânicos e vitaminas.
  2. A cerveja engorda. Segundo um estudo realizado na República Checa, com 891 homens e 1.098 mulheres de idades compreendidas entre 25 e 64 anos, não existe uma relação entre o consumo de cerveja e o tamanho do ventre.
  3. Quanto mais escura for a cerveja, mais álcool tem. Falso. A cor da cerveja não está associada à sua graduação alcoólica. O tom escuro que apresentam algumas cervejas é consequência do processo de torrefacção a que o malte é submetido.
  4. Cerveja light tem menos álcool do que a lager. A diferença entre light e lager é a quantidade de calorias presente. A graduação alcoólica depende directamente dos processos de fermentação.
  5. Cerveja artesanal é melhor do que a comercial. Ambas as variedades de cerveja são elaboradas do mesmo modo, a diferença está no seus dias de vida: a cerveja artesanal tem 90 dias de vida e a comercial 250 dias de vida. A fórmula é a mesma, mas a forma como é servida também nos influencia e por esta razão a cerveja de barril sempre parece ser mais fresca.
  6. Vidro verde indica que a cerveja é melhor. É possível que esta ideia se deva à escassez de vidro transparente e vidro amarelo na Europa durante o final da Segunda Guerra, e por outro lado a cerveja importada sempre chegava em garrafas verdes, talvez por isso tenha se tenha espalhado a ideia de que a cor do vidro era um sinal de qualidade.
  7. As “Ale” são escuras e as “Lager” são douradas. A cor da cerveja depende do tipo de malte com o qual foi elaborada e existem vários tipos de malte, dependem do grau de torra. O malte pilsner utiliza-se nos tipos de cerveja Lager, o malte chocolate elabora uma cerveja tipo Ale, porter ou stout.
  8. A cerveja não combina com pratos. Absolutamente falso. É possível harmonizar cerveja tal como se faz com vinho. Na Bélgica existem restaurantes especializados em “cozinha com cerveja”, e aqui os pratos são previsivelmente elaborados com cerveja, também existem outros restaurantes, onde o menu inclui cervejas recomendadas para cada prato.
  9. Cerveja sem álcool não tem calorias. A cerveja ‘sem álcool’ possui uma certa quantidade de álcool, por Lei em Portugal inferior a 1%, e baixa presença de hidratos de carbono, entre 2 a 5g em cada 100cc. Uma cerveja possui entre 40 e 80kcal. Ou seja, a diferença calórica entre estes dois tipos de cerveja está em 50 calorias.
  10. As cervejas americanas são muito más, não sabem a nada. Nos EUA a cerveja sofreu grandes mudanças. Hoje em dia, no território americano, existem mais de 1000 pequenas empresas produtoras de cerveja. Para além das cervejas típicas, elaboradas com trigo e não com malte, também se podem encontrar outras, de paladar saboroso e forte.

 TAGS:St. Bernardus Tripel 75clSt. Bernardus Tripel 75cl

St. Bernardus Tripel 75cl

 

 

 TAGS:Paulaner 50clPaulaner 50cl

Paulaner 50cl

 

 



{
}

Deixe seu comentário 10 mitos sobre a cerveja

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name