Avisar sobre conteúdo inadequado

Como arruinar uma refeição

{
}

 TAGS:undefinedImagine a seguinte situação: Organiza uma refeição para festejar algo com os seus amigos ou com a família. Já há vários dias que anda a pensar nos pratos e no vinho. Quando chega o dia, está tudo perfeito, porém, os pequenos pormenores que, à partida, pareciam não ter importância acabam por desfazer o esforço investido nesta preparação. Se não quer que isto lhe suceda, recomendamos seguir estes conselhos para evitar arruinar uma excelente refeição.

As alcachofras
Alcachofras e vinho não é realmente uma boa combinação. Ainda que esta afirmação não se possa generalizar, já que existem algumas harmonizações possíveis. Parece que as alcachofras possuem um composto chamado cinarina que deixa o sabor do vinho um pouco estranho. O melhor é escolher um vinho branco leve.


Servir o vinho demasiado quente ou demasiado frio
Cada tipo de vinho deve ser bebido segundo a temperatura que necessite. Ou seja, um vinho tinto demasiado quente ou um branco extremamente frio podem realmente estragar uma refeição. Se o vinho está a uma temperatura demasiado elevada, podemos colocá-lo no frigorífico durante 30 minutos antes de servir. Para os brancos, é recomendável retirar o vinho muito gelado do frigorífico e deixá-lo a temperatura ambiente durante alguns minutos.


Harmonizações sem perfeição
Hoje em dia, a harmonização é uma verdadeira arte. Porquê? Unir sabores, receitas, vinhos, paladar e aromas não é uma tarefa fácil. Uma boa refeição pode ser arruinada se o vinho escolhido for inadequado para o prato. Um vinho doce pode não ser a melhor ideia para uma prato com mais gordura, mas é certamente equilibrado combiná-lo com determinadas sobremesas. Do mesmo modo que um branco fresco pode não ir bem com algumas carnes de caça. O melhor é que se informe sobre as melhores harmonizações e escolha os vinhos segundo os pratos que pretenda preparar.


Se o vinho está quente, gelo nunca!
Certamente que os amantes do vinho já têm conhecimento desta informação. Se o vinho a servir aqueceu demasiado, é melhor não ter a “brilhante” ideia de lhe pôr um cubinho de gelo. Se o fizer, estará a misturar água ao vinho… Só há uma coisa a fazer: deixá-lo no frigorífico durante algum tempo.


Não misturar dois vinhos diferentes no mesmo copo
Quando misturamos vinhos de diferente marca, origem e paladar, o resultado pode não ser agradável. Cada vinho tem as suas próprias características e deve ser tomado sozinho.

{
}

Deixe seu comentário Como arruinar uma refeição

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name