Avisar sobre conteúdo inadequado

Sobre a casta Trincadeira

{
}

 TAGS:Conhecida no Douro por Tinta Amarela e no Alentejo por Trincadeira, a casta tinta a que hoje nos dedicamos prefere climas secos e quentes e é sensível (há quem lhe chame caprichosa) a doenças e humidade, embora se adapte bem aos solos pobres.

Os vinhos produzidos com esta uva possuem uma elevada acidez natural, são habitualmente favoráveis ao envelhecimento em madeira, encorpados, aromáticos com cariz frutado, de compotas e especiarias e taninos delicados e abundantes.

Quando jovens, estes vinhos apresentam uma cor intensa, notas de frutos como a ameixa e odor herbáceo (há quem associe este último a uma maturação incompleta). São ainda, vinhos com sensibilidade mediana à oxidação, de elevado grau alcoólico no mosto e grande potencial, sempre que as condições edafo-climáticas obedeçam às suas necessidades.

Embora a Trincadeira seja parceira indiscutível da casta Aragonês, no Alentejo e da Touriga Nacional, no Douro e apesar de ainda existir quem torça o nariz aos monocastas, a verdade é que a Trincadeira, sem estar associada, é uma verdadeira pérola tradicional portuguesa produzida desde Évora a Setúbal no Sul e nos socalcos do Douro, no Norte.

As nossas recomendações de hoje destinam-se a estabelecer a diferença entre Trincadeira associada e monovarietal da mesma. Prove, estabeleça as diferenças e ignore as opiniões dos ?peritos? porque o gosto, não se discute, expõe-se : )

 TAGS:Altas Quintas Reserva 2005Altas Quintas Reserva 2005

Altas Quintas Reserva 2005: Um reserva de Aragonês, Trincadeira e Alicante Bouschet com notas de chocolate negro, baunilha, em corpo firme.

 

 

 TAGS:Casa Cadaval Trincadeira 2008Casa Cadaval Trincadeira 2008

Casa Cadaval Trincadeira 2008: 100% Trincadeira, de vinhas velhas. Sabor macio e excelente estrutura.

 

{
}

Deixe seu comentário Sobre a casta Trincadeira

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name