Avisar sobre conteúdo inadequado

Comida mexicana: como harmonizar?

{
}

 TAGS:undefined

A comida mexicana, rica em sabor picante, não é fácil de harmonizar. Há quem diga que apenas é possível acompanhar um prato mexicano com água, cerveja leve ou inclusive leite.

No entanto, também há quem defenda que esta é uma cozinha de harmonização complexa, e possível. Por esta razão hoje pretendemos partilhar alguns conselhos, tendo em conta as duas harmonizações mais comuns:

  • Por conformidade: quando os sabores do vinho e dos alimentos se assemelham, normalmente esta união reforça o paladar.
  • Por contraste: Quando o vinho possui um sabor intenso e os pratos são pouco intensos e vice-versa. É exactamente por contraste que se acentuam as características dos alimentos e da bebida.

Segundo as afirmações da Associação Nacional de Vitivinicultores (ANV): “na comida mexicana partimos do facto de ser consumida uma grande quantidade de picante em pequenas doses, o que lhe concede algum exotismo, mas que em grandes quantidades adormece o paladar, deixando-o insensível e portanto indiferente ao sabor do vinho. Apenas os vinhos muito estruturados e de aromas complexos, aguentam a carga do picante”.

Estas são as sugestões da A.N.V. para harmonizar vinho e comida mexicana.

  • Viognier: Ideal para acompanhar frango, peixe, sopas de massas, lima e marisco e empadas de cação.
  • Chasselas: Sugestão para acompanhar cochinita pibil, coxas de rã e ovas guisadas.
  • Sauvignon Blanc: A companhia perfeita para Pozole, quesadillas, arroz branco, sopa asteca, picadas de Veracuz, caldo tlalpeño, creme de cogumelos, peru recheado, ovas guisadas, Vuelve a la vida e ovos à mexicana.
  • Chardonnay: Para combinar com Pozole, enfrijoladas, quesadillas, tamales de elote, voul-au-vent de mariscos, sopa asteca, creme de cogumelos, churrasco, mole poblano, peru recheado, peixe em papelote, ovas guisadas e Vuelve a la vida.
  • Chenin Blanc: Servir com Chilaquiles verdes, no forno ou ovos rancheros.
  • Sémillon: O companheiro ideal das picadas de Veracruz.
  • Riesling: Para harmonizar com Chilaquiles verdes, sopa de lima ou pámpano a la campechana.
  • Colombard: Para beber com Chilaquiles no forno.
  • Tinta roriz: Servir com enfrijoladas, chocos com tinta, salada de massa (coditos=cotovelos) ou bife de cebolada.
  • Pinot Noir: Harmonizar com Panuchos de Veracruz e lombo de porco com ameixas.
  • Nebbiolo: O aliado dos famosos chiles recheados, os panuchos de Veracruz, quesadillas, tinga de frango e peixe à Veracruz.
  • Merlot: Para acompanhar enchiladas vermelhas, quesadillas, lombo de porco com ameixas, peixe à Veracruz e curgetes mexicanas.
  • Cabernet Sauvignon: Para combinar com pambazos, enchiladas vermelhas, quesadillas, churrasco, almôndegas, cabrito, bife à tampiqueña, panados de vitela, mole poblano, veado assado, chocos em tinta, peixe à Veracruz e romeritos.
  • Barbera: Para harmonizar com chiles recheados, pambazos, cabrito e bife à tampiqueña.
  • Cabernet Franc:Combinar com machaca de Monterrey e bife à tampiqueña.
  • Zinfandel: Para beber a acompanhar machaca de Monterrey e salada suprema de frango.
  • Syrah: Ideal com lombo de porco com ameixas.
  • Malbec: Servir com enchiladas de pipian, panuchos de Veracruz e machaca de Monterrey.
  • Petit Syrah:Servir com enchiladas de pipián.
  • Petit Verdot: Servir com cabrito.
  • Ruby Cabernet: Servir com cabrito.
  • Vinho Espumante: Grande companhia para pozole, chiles recheados, enfrijoladas, quesadillas, tamal de elote, vol-au-vent de marisco, sopa de lima, creme de cogumelos, churrasco, mole poblano, peru recheado, pejelagarto en chirmol, chilpachole de jaiba, ovas guisadas, vuelve a la vida e ovos à mexicana.

 

 TAGS:Quinta do Vale Meão 2011Quinta do Vale Meão 2011

Quinta do Vale Meão 2011: um vinhos tinto da D.O. Douro realizado com touriga franca e tinta roriz da colheita 2011 e possui um grau alcoólico de 14.5º.

 

 

 TAGS:Moët & Chandon Brut ImpérialMoët & Chandon Brut Impérial

Moët & Chandon Brut Impérial: um vinhos espumantes Champagne das variedades pinot noir e pinot meunier e 12,5º de teor de álcool. 

 

{
}

Deixe seu comentário Comida mexicana: como harmonizar?

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name