Avisar sobre conteúdo inadequado

Determinar a idade de um vinho através da radioactividade

{
}

 TAGS:undefined

Os cientistas da Universidade da Califórnia, em Berkley, começaram a trabalhar no aperfeiçoamento dos métodos para determinar a idade do vinho através de estudos de radioactividade. Peter Hosemann, professor no departamento de engenharia nuclear desta universidade, explicou que o elemento radioactivo cesio 137 se encontra no meio ambiente em quantidades reduzidas.

Esta pesquisa sobre a presença de radioactividade começou a ser desenvolvida em todos os vinhosdesde 1945, a partir do ano em que foi realizada a primeira prova de armas nucleares. Sobre o cesio 137, Hosmann esclarece: Provém das provas nucleares e encontra-se presente no solo, portanto existe a possibilidade de que penetre nas plantas e nos frutos através das raízes. No caso do vinho, a pequena quantidade que chega até às uvas fica aprisionada no líquido durante o engarrafamento. Pelo que se torna necessário confirmar ou rejeitar a presença do elemento radioactivo antes que chegue ao consumidor. Provavelmente, todo o vinho engarrafado a partir de 1945, seja vinho tinto' ou branco, contenha vestígios dos isótopos.

Os investigadores da Universidade de Agricultura de Atenas, em 2012, elaboraram um documento sobre a delimitação das origens geográficas dos alimentos através da análise de elementos no solo (como as partículas radioactivas) e estão de acordo com a efectividade da técnica utilizada por Hosmann. As análises químicas começaram por ser feitas em diferentes produtos; tomate, produtos lácteos e mel, entre outros, para determinar a sua origem geográfica. Os cientistas acreditam que estas técnicas constituem um modo eficaz de lutar contra a fraude dos alimentos e bebidas exóticos. Um documento de 2013, publicado pela revista Food Chemistry, afirma: ''A análise dos isótopos dos elementos principais torna este método bastante sólido e converte-o numa prova fiável de falsificação, já que, deste modo, a modificação artificial é extremamente difícil".

Resumindo, agora, através das provas de radioactividade, sabemos que existe um método para determinar a idade, legitimidade e origem geográfica do vinho, o que confere uma maior garantia de segurança aos consumidores na aquisição de produtos e sobretudo em relação aos vinhos mais valiosos.

Dois grandes vinhos anteriores a 1945 e sem radioactividade :)

 

 TAGS:Barons de Rothschild (Lafite) 2009Barons de Rothschild (Lafite) 2009

Barons de Rothschild (Lafite) 2009, m vinhos tinto com D.O. Bordeaux das adegas Domaines Barons de Rothschild (Lafite) da vendimia de 2009. 

 

 

 TAGS:Quinta do Vale Meão 2011Quinta do Vale Meão 2011

Quinta do Vale Meão 2011 das adegas Quinta do Vale Meao: um vinhos tinto de D.O. Douro a base das castas touriga Franca e tinta Roriz de 2011 e 14.5º de álcool en volume.

 

{
}

Deixe seu comentário Determinar a idade de um vinho através da radioactividade

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name