Avisar sobre conteúdo inadequado

Friuli: Vinhos brancos apaixonantes

{
}

 TAGS:undefinedNo Nordeste da Itália, em Friuli, encontram-se algumas das Denominações italianas mais conhecidas de vinhos brancos de montanha. Ainda que a região seja relativamente pequena, comparada com outras regiões da Itália, é uma das produtoras do melhor vinho branco do país.

Nesta região crescem cerca de trinta variedades de castas, que, muitas vezes, dão origem a vinhos produzidos em pequenas quantidades. Entre as zonas mais conhecidas da região encontram-se as seguintes:


1. Friuli grave
Friuli Grave representa mais de metade da produção. Situa-se num grande vale aplanado de solos pedregosos, onde as rochas de grande dimensão aquecem durante o dia e arrefecem à noite, o que ajuda a madurar as uvas e a manter uma elevada acidez. Hoje em dia, os vinhos elaborados com Pinot grigio e Prosecco são os reis indiscutíveis de Friuli-Grave. Os vinhos são ideais para harmonizar com sushi, verduras e queijos leves, ou, simplesmente, para tomar como um aperitivo refrescante.

2. Colli Orientali del Friuli
Localizada a Este de Udine, esta zona produz grandes variedades locais e internacionais, entre elas; Sauvignon blanc, Chardonnay e Pinot grigio. Os vinhos brancos de Colli Orientali del Friuli possuem aromas de flores brancas, maçãs maduras e sabores de pêssego com travo longo. As variedades locais mais importantes incluem: Friulano, uvas com delicadas notas de tomilho e alperce; Meyer, com sabores de limão, groselha madura e final de amêndoa amarga; Ribolla Gialla, uma uva de elevada acidez, saborosa, estruturada, com sabores de alperce, tangerina e pêra asiática; Malvasia, notas florais.

Ainda que estes vinhos não sejam baratos e talvez difíceis de encontrar, são realmente especiais e bastante apreciados pelos seus sabores, entre outros; mel de acácia, figos, frutos secos e aromas minerais em que a acidez e o açúcar se equilibram. Combinam muito bem com sobremesas elaboradas à base de avelãs, queijos curados ou simplesmente, sem nada mais.


3. Collio
Collio situa-se na fronteira com a Eslovénia, no distrito de Gorizia, e é famosa pelo seu Chardonnay envelhecido e misturado com o vinho branco local. Esta área diz respeito a pouco mais de 5% de vinhas. As variedades internacionais encontram aqui as condições favoráveis para desenvolver todo o seu potencial, exemplo disso são: Sauvignon blanc, Chardonnay e Pinot grigio. Os seus vinhos têm uma fermentação com muito pouco, ou nenhum, contacto com oxigénio, e como tal, é habitual a presença de notas frescas que lembram maçãs maduras, alperce e ananás, acompanhadas de aromas característicos do envelhecimento como os da avelã e da baunilha.

4. Carso
Situada nas colinas da zona do Trieste, esta é uma zona bastante pequena e conhecida pelos seus vinhos cor-de-laranja.

O Vinho Laranja é feito através de um método tradicional de elaboração do vinho branco, que deixa que o sumo da uva se mantenha em contacto com as peles. Estes são vinhos cada vez mais apreciados, sedutores, com aromas de fruta seca, folhas de chá, especiarias doces, com elevada acidez e taninos suaves. Travo longo.
Ainda que não existam regras escritas para as variedades de uva que podem ser utilizadas no vinho laranja de Carso, as mais habituais são a Pinot grigio, Ribolla gialla, Malvasia ou a mistura que o produtor decida.

 TAGS:Zuani Vigne Collio Bianco 2015Zuani Vigne Collio Bianco 2015

Zuani Vigne Collio Bianco 2015

 

 

 TAGS:Di Lenardo Toh! 2015Di Lenardo Toh! 2015

Di Lenardo Toh! 2015

 

{
}

Deixe seu comentário Friuli: Vinhos brancos apaixonantes

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name