Avisar sobre conteúdo inadequado

Licor Beirão

{
}

 TAGS:Nasce na Lousã, entre montanhas, castelos e vestígios romanos. É na Quinta do Meiral que a família Redondo faz um licor que já é quase património nacional, o Licor Beirão.

Da receita, ou fórmula secreta do Licor Beirão, que já vem do século XIX, sabe-se que sofre uma dupla destilação de sementes aromáticas e especiarias, grande parte delas cultivadas na própria Quinta do Meiral e as restantes, importadas de países como a Turquia e o Sri Lanka. Muitas destas plantas são medicinais e talvez por isso, na sua origem, o licor era vendido numa farmácia da Lousã, anteriormente à lei que proibiu a venda de bebidas alcoólicas com atributos de propriedades medicinais.

Nos seus ingredientes encontra-se alecrim, eucalipto e alfazema, reconhecido digestivo de uma opípara refeição, bom com gelo e sem ele, na mousse de chocolate e nas maçãs assadas, no leite creme e no caipirão (o primo luso da caipirinha: )

Além de delicioso, e para quem não tenha notícia, o Beirão é um licor deliciosamente irreverente, que nos anos sessenta lançou, entre outras, uma ?atrevida? publicidade: ?O Beirão de quem se gosta? em alusão ao outro beirão -António Oliveira Salazar...

Esta bebida espirituosa possuí uma cor entre topázio e âmbar límpido, um volume de álcool cerca dos 22%, de aroma e sabor doce, ligeiramente apimentado e quente no travo.

Existem muitos cocktails onde se pode saborear maior ou menor proporção do licor beirão, a minha forma preferida é com uma pedra de gelo, umas gotas de lima e boa companhia.

 TAGS:Licor BeirãoLicor Beirão

Licor Beirão

 

 

 TAGS:FrangelicoFrangelico

Frangelico

{
}

Deixe seu comentário Licor Beirão

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name