Avisar sobre conteúdo inadequado

Menos e melhor, é como os jovens bebem vinho

{
}

 TAGS:undefined

Detecta-se que o consumo de vinho nos últimos anos é menor entre os jovens, que agora preferem vinhos com mais qualidade. O auge do enoturismo e o hábito de consumir vinho tornaram possível às novas gerações saber muito mais sobre o mundo do vinho e sobre as suas Denominações de Origem.

Esta tendência: saber beber vinho de qualidade, vai-se propagando pela Europa. Segundo um relatório do banco holandês Rabobank, as gerações de consumo chave encontram-se entre os 20 e os 50 anos. São eles quem aposta pelos vinhos premium e demonstra interesse pelos produtores que utilizam métodos mais artesanais e com pequenas produções.
Na Europa, os jovens que bebem vinho de maior qualidade, também apostam pelas compras online e conhecem realmente as marcas que pretendem adquirir e qual é a procedência desse vinho, comparam preços e analisam as opiniões de outros utilizadores.

Existem outras fontes que fortalecem esta tendência, porém, os sítios que oferecem bons vinhos também costumam ser mais elitistas e se nem sempre os jovens têm dinheiro, em Portugal, é fácil beber bom vinho, com cartas bem escolhidas a baixo preço, o que é altamente valorizado tanto por jovens como por adultos.

Recomendações:

 

 TAGS:Carvalhas Vinhas Velhas 2011Carvalhas Vinhas Velhas 2011

Carvalhas Vinhas Velhas 2011, um vinhos tinto da D.O. Douro cujo coupage contém uvas de 2011.

 

 

 TAGS:Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2011Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2011

Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas 2011, m vinhos tinto da D.O. Douro com uvas 2011 e 14.5º de álcool en volume.

 

{
}

Deixe seu comentário Menos e melhor, é como os jovens bebem vinho

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name