Avisar sobre conteúdo inadequado

O a,b,c, da degustação de vinho

{
}

 TAGS:Já aqui se falou muito sobre o modo correto de degustar um bom vinho, somos conscientes de que se trata de um tema muito extenso, com muitas opiniões e que entra profundamente naquilo que é relativo e circunstancial.

Um bom vinho, é um bom vinho seja onde for e não é preciso ser um grande enólogo ou um perito sumiller para chegar a detetar isso. Também não pretendemos oferecer conclusões exatas, mas sim podemos atingir um elevado grau de conhecimentos sobre vinho se conhecemos detalhes importantes, tal como nos diz o título do artigo ? O a,b,c da degustação.

Para começar por ter uma ideia clara sobre um bom vinho devemos conhecer, pelo menos, as três fases importantes da degustação de um vinho: aparência ou forma, aroma e sabor, ou tal como se diz no mundo do vinho: vista, nariz e boca. Os três sentidos fundamentais à perceção da qualidade de um vinho.

  • Aparência ou forma: Onde a vista é a nossa melhor aliada. Devemos estar atentos ao brilho que possa existir no vinho. Se é um brilho limpo é porque estamos perante um vinho interessante, se o notamos opaco devemos suspeitar. Para conseguir esta primeira prova devemos levantar o copo à altura dos olhos. Com um ligeiro movimento sobre o seu próprio eixo descobriremos a cor, o brilho e a claridade do vinho. Também podemos descobrir o grau de álcool pelas famosas ?lágrimas do vinho?.
  • Aroma: Nesta segunda fase devemos introduzir o nariz ligeiramente no copo, de modo a inalar os chamados ?aromas primários?, os quais são a marca do tipo, ou tipos de uva com que o vinho foi elaborado. Depois distinguimos os ?aromas secundários?, logrados pela fermentação do vinho. E por último, percebemos os ?aromas terciários?, consequência da guarda do vinho. Para despertar esta coleção de aromas, antes, devemos agitar o copo ligeiramente.
  • Sabor: Para muitos constitui a fase mais importante da degustação do vinho. Para começar, apenas devemos tomar um pequeno gole de vinho, que deixamos passear pelas papilas gustativas de forma a descobrir os quatro sabores que habitualmente possui um vinho: doce, salgado, ácido e amargo. Um bom vinho consegue equilibrar os quatro.

 TAGS:Two Hands - Bella's Garden - Barossa Valley Shiraz 2009Two Hands - Bella's Garden - Barossa Valley Shiraz 2009

Two Hands - Bella's Garden - Barossa Valley Shiraz 2009

 

 

 TAGS:Naia Verdejo 2012Naia Verdejo 2012

Naia Verdejo 2012

{
}

Deixe seu comentário O a,b,c, da degustação de vinho

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name