Avisar sobre conteúdo inadequado

O whisky da Índia dá o grande salto

{
}

 TAGS:undefinedAinda que à primeira vista pareça estranho, pouco a pouco, a Índia começou a converter-se numa potência em relação à produção de whisky de alta qualidade. Em 2015 consumiram-se neste país mais de 1.500 milhões de litros de whisky. Claro que sempre se pode pensar que este valor se deve ao elevado número de população desta parte do mundo, não obstante é um número que deve ser respeitado e levado muito a sério.

A Índia tem muitas vantagens em relação à concorrência mais forte, como a Escócia e os EUA, uma delas é a mão de obra, extremamente barata em relação a estes dois países, e outra é o facto de a Índia ser um dos mais importantes produtores de cevada de alta qualidade.

Para além do mais, o clima é ideal para a guarda de um whisky respeitável.

Os dois produtores de whisky indiano mais relevantes, Amrut e Paul John, chegaram recentemente aos EUA e o seu objectivo é o de introduzir no mínimo uma dúzia de whiskies indianos no mercado.

Paul John encontra-se em Goa, onde o clima tropical permanece constante durante todo o ano, o que é perfeito para obter uma evolução do whisky mais rápida, e ajuda as destiladoras a atingir níveis mais uniformes. “ Não temos necessidade de rodar os barris, como acontece nos EUA”, explica Michael D’Souza, o mestre destilador de Paul John.

“Não se podem comparar whiskies, cada malte tem uma personalidade única”, disse D’Souza, “A nível internacional, e em comparação com a Escócia, obtivemos classificações bastante altas e, em alguns casos, tivemos a honra de alcanças valores mais altos do que os dos escoceses”.

 TAGS:Amrut FusionAmrut Fusion

Amrut Fusion

 

 

 TAGS:Amrut Indian Single MaltAmrut Indian Single Malt

Amrut Indian Single Malt

{
}

Deixe seu comentário O whisky da Índia dá o grande salto

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name