Avisar sobre conteúdo inadequado

Os vinhos chilenos

{
}

 TAGS:Os vinhos chilenos gozam de uma fama bastante justa e são considerados como alguns dos melhores do mundo. Passemos pela sua história, origens e variedades:

A história do vinho chileno

Remonta à chegada dos espanhóis (1541-1554) e diz-se que o vinho entrou pela Capitania Geral do Chile.

Não é novidade que o solo e o clima chileno são propícios ao cultivo vinícola e por isso se diz que, a Natureza facilitou tudo desde o princípio. O cultivo da vinha cresceu e expandiu-se como um rasto de pólvora, a vinha começou a ser plantada nos arredores de Santiago, depois em Corregimiento de Coquimbo (uma das melhores zonas para plantação).

Anteriormente, a proibição do rei Felipe II deteve as plantações até 1678 e a viticultura chilena, deste modo, avançou muito lentamente e repleta de obstáculos e problemas na produção. Nos meados do século XIX, o técnico agrícola francês Claudio Gay rompeu este ciclo. Foi ele quem criou a estação experimental da Quinta Normal de Agricultura e em 1850 o Chile já contava com 40 mil vides europeias de 70 tipos diferentes.

Em 1863, apesar da praga de filoxera ter afetado a maior parte do mundo, o Chile não sofreu as consequências da praga e inclusive contribuiu para a recuperação vinícola mundial. Em 1902, com a lei seca dos Estados Unidos, baixou a produção de vinho no Chile porém a sua recuperação chegou ainda no século XX, cerca de 1980, quando as castas chilenas, assim como os seus vinhos, se converteram em algumas das melhores do mundo.

Tipos e variedades de vinhos chilenos

Os vinhos do Chile dividem-se fundamentalmente em três categorias: vinhos com denominação de origem, vinhos sem denominação e vinhos de mesa. A categoria é exposta na etiqueta do vinho, assim como a zona a que pertencem e entre as que figuram: região vitícola de Aconcagua, região vitícola de Atacama, região vitícola de Coquimbo, região vitícola do Sul e região vitícola do Vale Central.

Os vinhos chilenos são elaborados com uma interessante variedade de uvas, sendo a carménere a nacional, extinguida na Europa desde o século passado. Encontram-se ainda castas fabulosas como a Cabernet Sauvignon e a Merlot. Para além destas, nos vinhos tintos chilenos ressalta a presença da Cabernet Franc, Syrah, Malbec e a Pinot Noir. Nos vinhos brancos encontramos a Chardonnay, Gewürztraminer,Sauvignon Blanc e Sémillon.

Hoje em dia pode dizer-se que o Chile é por excelência, o país vinícola do novo mundo. A qualidade do seu vinho é demonstrada em cada vinho que elabora.

 TAGS:Terrunyo CarmenereTerrunyo Carmenere

Terrunyo Carmenere

 

 

 TAGS:El Principal 2001El Principal 2001

El Principal 2001

{
}

Deixe seu comentário Os vinhos chilenos

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name