Avisar sobre conteúdo inadequado

Pisco, uma bebida com tradição

{
}

 TAGS:O Pisco é uma bebida oriunda do Peru, elaborada com distintas castas e considerada como uma aguardente de uva. A sua origem data do final do séc XVI e a cidade que a viu nascer foi aquela que lhe deu o nome ?Pisco?, cidade litoral, num belo vale que alberga séculos de história e uma importante riqueza cultural.

A história do Pisco

O Pisco deve o seu nome a uma peça de barro de uma cultura pré-inca da zona, a esta peça chamavam-lhe ?piskos? e servia para guardar bebidas alcoólicas. Supõe-se que que este foi o primeiro recipiente do pisco e que por essa razão lhe foi dado este nome. A segunda versão da etimologia da palavra, defende que o seu nome vem das aves ?pishqus? que habitualmente sobrevoam o vale de Pisco (em Ica).

O pisco ganhou popularidade pouco depois de que se plantassem as primeiras vides no Peru, a Igreja foi quem deu inicio à tradição do vinho e era evidente que existia um extenso território de vales férteis para o cultivo das uvas. Com o vinho chegou, inevitavelmente, a aguardente, essa bebida que encerra lendas de piratas e reis.

Em 1617 o pisco já era comercializado pelos jesuítas, que tinham expandido a sua produção desde Ica a Lima, Cuzco, Ayacucho e Potosí (a atual Bolívia). O pisco começou a atravessar fronteiras precisamente no porto com o seu mesmo nome, Espanha foi a primeira chegada, mas depois disso, rumou a Inglaterra, assim como a outros países da Europa.

A disputa sobre a origem do pisco

Já vem de longe a discussão sobre a origem da denominação Pisco e os argumentos apresentados na disputa entre o Peru e o Chile são inúmeros.

Para além do facto de Pisco ser o nome da cidade peruana, este país apresentou razões convincentes para ser reconhecida como autora da bebida. Vários documentos históricos, obras literárias e vestígios históricos permitiram encerrar a discussão com a conclusão de que, o pisco tem origem peruana.

A elaboração do pisco

O pisco é uma aguardente e, como tal, a sua elaboração não é muito diferente de outras aguardentes similares, feitas unicamente com uvas. Estas uvas dividem-se em dois grupos: As uvas aromáticas como as Albilla, Italia, Moscatel e Torontel e as uvas não aromáticas tais como a Mollar, a Quebranta e a Uvina. Estas variedades de uva dão origem aos seguintes tipos de pisco:

  • Pisco Puro ? Feito com apenas uma variedade de uva não aromática. Este pisco é ideal para preparar o popular Pisco Sour.
  • Pisco Acholado ? Feito com mais de uma uva. Este é um dos piscos mais fortes.
  • Pisco Mosto Verde ? Feito com mostos sem terminar o processo de fermentação. Este é o mais fino e subtil de todos os piscos.
  • Pisco Aromático ? Feito com distintas uvas aromáticas. O pisco mais aromático de todos.
  • Pisco Aromatizado ? Feito com uvas aromatizadas e frutas.

Hoje em dia o pisco converteu-se na bebida da bandeira do Peru, a sua exportação cresce a passos largos e é sem dúvida a aguardente mais importante da América do Sul.

 TAGS:Pisco Campanario ReservadoPisco Campanario Reservado

Pisco Campanario Reservado

 

 

 TAGS:Pisco BauzaPisco Bauza

Pisco Bauza

{
}

Deixe seu comentário Pisco, uma bebida com tradição

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name