Avisar sobre conteúdo inadequado

Tokaj e Tokaji: Puttonyos!

{
}

 TAGS:O Tokaji (também chamado Tokay) é um desses vinhos, sobre os quais qualquer blogue amigo do néctar de Baco é obrigado a escrever pelo menos uma vez.

Tokaji é o vinho típico de Tokaj-Hegyalja, uma zona localizada entre a Hungria e a Eslováquia. Ainda que em Tokaj, tal como em muitos outros sítios, são elaborados muitos tipos de vinho, os mais famosos chamam-se aszú.

O que são os vinhos aszú de Tokaj? Comecemos pelo principio. Existe um fungo, o Botrytis Cinerea, que afeta a vinha apodrecendo-a, é a chamada ?podridão nobre?. Ao secar, a uva perde a água e o resultado é uma uva apodrecida carregada de açúcar, ou uva aszú.

As uvas botrytizadas ou uvas aszú, eram tradicionalmente recolhidas em recipientes chamados Puttonyos, com uma capacidade aproximada de 25Kg.

Uma vez colhidas, eram deitados de 3 a 6 puttonyos no depósito de 136 litros, onde se armazenava o vinho do ano antes da fermentação, para que desta forma o vinho ganhasse a doçura destas uvas.

Quanto mais puttonyos de aszú eram misturados no mosto, mais doce era o vinho.

Atualmente o Puttonyo já não indica a quantidade de uva com botrytis, mas sim a concentração de açúcar no vinho resultante deste processo.

Calculou-se que um puttonyo equivale mais ou menos a 25g por litro de vinho. Deste modo, um vinho Tokaj de 5 puttonyos terá cerca de 125g de açúcar por litro de álcool.

Existe ainda outro tipo de Tokaji interessante chamado Eszencia, que alguns associam erroneamente com um aszú de 7 puttonyos. Na verdade o aszú de 7 puttonyos não existe e o Eszencia não é um vinho ao qual se adiciona uma parte de uva apodrecida, mas sim um vinho totalmente elaborado com o mosto dessa uva.

O Eszencia possui uma textura semelhante a uma calda, ou inclusive ao mel. Imaginem a quantidade de uvas necessária para fazer um eszencia...e de facto, não existem adegas que se dediquem a fazer este vinho de forma organizada.

Aquilo que fazem é recolher o mosto desta uva porque este flui naturalmente através das grelhas no fundo das cubas, onde as uvas se depositam durante a colheita. Normalmente não é suficiente para fazer o Eszencia, por isso se adiciona aos depósitos de Tokaj aszú, porém, em algumas ocasiões elabora-se o Eszencia, também chamado lágrima de Tokaj.

Em Espanha é bastante famoso o Tokaj Oremus, com o Oremus Tokaji Aszú 6 Puttonyos 50cl 2002 como bandeira, propriedade da Bodega Vega Sicilia, que aproveitou o processo de privatização pós-comunista para comprar uma adega na zona e elabora vinhos de Tokaj respeitando ao máximo os processos tradicionais.

Outro Tokaji também de grande qualidade e que pode ser facilmente encontrado é o Disznókó. O Disznóko Tokaji 4 Puttonyos Aszú 50cl 2006 é bastante bom.

O mais importante realmente é que seja um Tokaji húngaro, porque a legislação húngara é mais rigorosa em relação à qualidade do vinho. Como Tokaj é uma zona de fronteira entre a Hungria e a Eslováquia, também se aceitam os Tokaji eslovacos, porém, ali a legislação é mais permissiva e como tal, a qualidade não é igualmente garantida. Desfrutem!

{
}

Deixe seu comentário Tokaj e Tokaji: Puttonyos!

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name