Avisar sobre conteúdo inadequado

Vinho em pintura

{
}

 TAGS:undefinedO artista plástico Jorge Martorell utiliza o vinho com uma nova e original técnica. As suas telas são pintadas com vinhos das castas Malbec, Syrah, Cabernet e Chardonnay, entre outros.

Martorell substitui o acrílico pelo vinho e tudo começou por um acidente, uma mancha de vinho caiu na tela em que trabalhava e o artista decidiu que esta faria parte da obra. Gostou tanto do resultado que passou a utilizar o vinho nas suas seguintes obras.
Deste modo, o vinho tinto, em gotas, esguichos e jactos, começaram a integrar as suas pinturas. Martorell usa todo o tipo de vinhos, castas e variedades: vinhos de alta e baixa gama, vinho puro e vinho adulterado ou quimicamente modificado, borras e tintas vegetais.
O seu objectivo é aproveitar os comportamentos e qualidades do vinho, semelhante às aguarelas, o vinho tinto oferece uma grande variedade de cor após a oxidação; vermelhos, violetas, cinzentos, azuis arroxeados, pardos e castanhos. No caso do vinho branco e dos espumantes, obtêm-se tons alaranjados e amarelados.

“O processo de pintar com vinho, implica provas e erros”, afirma Martorell, que utiliza vinho oxidado para obter as cores pretendidas no seu trabalho. Para travar a oxidação recorre ao verniz, acrílico, tintas vegetais e óxidos de ferro. Para além da técnica descoberta por acidente, Martorell trabalha com um enólogo, que o ajuda a obter as cores e texturas pretendidas.

A música também faz parte do conceito do seu trabalho, inspiradas em tangos, com frases e nomes emblemáticos: Uno, Tinta Roja, La última curda, Las vueltas de la vida, Déjame que llore, Me quedé mirándola, Rodando por Callao... entre outras.

Mas a lista de materiais pouco convencionais que utiliza nas suas obras continua a crescer. Em “Last tango in Paris", díptico inspirado na composição do argentino Gato Barbieri para o filme de Bertolucci, incorporou uma gota de sangue na última fase da sua obra.
E se por acaso duvidam...o artista garante que entre pintura e pintura “ unicamente molho os lábios”.

 TAGS:Duorum 2013Duorum 2013

Duorum 2013: um vinhos tinto com D.O. Douro cujo coupage contém tinta roriz e touriga nacional de 2013 e com um grau alcoólico de 13,5º. 

 

 

 TAGS:Carm cm 2011Carm cm 2011

Carm cm 2011:  um vinhos tinto com D.O. Douro com uvas 2011. 

 

 

{
}

Deixe seu comentário Vinho em pintura

Entra em OboLog, ou cria seu blog grátis se você ainda não esta cadastrado.

User avatar Your name